8.2.06

Enternecida

Imagens que inspiram enorme paz, as de um bebé que dorme. O Tiago, esta ternurinha macia aqui e aqui, vai ouvindo, segundo parece, o bom & velhinho "tio" Mozart. Os posts e os comentários do blog demonstram bem como todos os que rodeiam um nascimento se unem na partilha de momentos absolutamente inimitáveis ao longo de uma vida. A esta hora, a minha irmã mais nova (a mais bela mulher que conheci em todos os sentidos) dorme também, numa sala aquecida, sob a mantinha de polar azul-bebé, serena. Tocando o ventre sempre que a sua pequenina lhe diz que quer sair para o mundo, sorri e espera pelo dia mágico: sexta-feira nasce a irmãzinha da minha querida sobrinha Inês. Serei, então, a tia mais feliz. Pela terceira vez!
Estar no ensino potencia estar no melhor mundo possível. Gostar de crianças é gostar daquilo que todos já fomos um dia. A esses lugares de magia (que nem sempre são assim tão felizes, pois as dúvidas e angústias são tantas!) só regressará quem saiba angariar infância. Estar entre crianças é voltar a recordar como nós próprios fomos e chegar à sadia percepção de tantas das coisas que nos iam acontecendo e não compreendíamos. Angariar infância é compreender. Num momento de guerras ideológicas quase instaladas, penso em como a memória dos adultos é tão curta. Esquecer os lugares mornos do conforto é esquecer de que massa se é feito e do percurso que, um dia, planeámos fazer.
Sempre, sempre, caminhar com os olhos postos no chão para evitar as pedras do caminho, mas erguê-los também para o alto, onde a abóbada celeste nos continuará a mostrar como somos, afinal, ainda, sempre, tão pequenos!

3 comentários:

Il Dissoluto Punito disse...

Absolutamente enternecedor... Sem mais!
Um beijo,

João

Il Dissoluto Punito disse...

Absolutamente enternecedor, capaz de me levar às lágrmas!
Um beijo ;-)

João, ossia Il Dissoluto Punito

. disse...

Reivindico para mim todo o enternecimento - se me permite! - Dissoluto-João-Punito: o bebé é uma beleza!

Desde este lado do vidro, bençãos!

;0)

Inês